20/08/2021 07:00:00

Procura-se: profissionais com pós-graduação em Direito Digital. Vai ficar de fora?

Não perca as oportunidades da área mais promissora do meio jurídico! Conheça os benefícios de uma pós-graduação em Direito Digital para sua carreira

Escritórios de advocacia e setores jurídicos de organizações estão em busca de um profissional essencial para sobreviver à transformação digital dos últimos anos. É o especialista em Direito Digital, área que está em alta no meio jurídico.

Segundo levantamento do anuário Análise Diretório Nacional da Advocacia, o Direito Digital foi a especialidade apontada por executivos jurídicos como a mais promissora para 2021. Ela está presente na atuação de 1 a cada 7 das 170 bancas consultadas para o anuário.

Outra publicação da Análise Editorial mostra que a admiração pelos advogados com pós-graduação em Direito Digital vem em uma crescente. Foram compiladas as indicações de profissionais do meio jurídico entre 2018 e 2020 e chegou-se à seguinte conclusão: houve um aumento de 86% no número de citações a especialistas em Direito Digital como profissionais admiráveis, enquanto a eleição de "Mais Admirados" mais que dobrou nesta especialidade.

Uma área com alta demanda e ainda admirada por advogados de todo o Brasil. Incrível, não é? Se você pensa em apostar nesta especialidade para se destacar na carreira jurídica ou está pensando em mudar de área, o primeiro passo é saber o que uma pós-graduação em Direito Digital aborda.

Afinal, existem tantas opções de atuação para quem tem um bacharelado em Direito que é preciso ter bastante informação antes de fazer uma escolha, não é mesmo?

✉️ Receba de graça uma seleção semanal de artigos sobre negócios, tecnologia e carreira. É só preencher o formulário abaixo:

Como escolher a melhor pós-graduação em Direito para mim?

Para escolher a melhor pós-graduação em Direito para sua carreira, seja ela em Direito Digital ou em outra área, é preciso considerar alguns fatores:

1. Tenho habilidades na área?

Sempre leve em consideração sua experiência profissional e gostos. Já ter algum contato com a área, seja por meio de cursos, estágios ou clientes, ajudará bastante na jornada de aprendizado da pós-graduação. Também é importante ter afinidade com o campo, pois isso dá uma motivação a mais para estudar.

2. O que outros profissionais do Direito acham desta especialização?

Converse com colegas para saber a opinião deles sobre a especialização. Se eles já fizeram algum curso sobre o tema, pergunte se conseguiram aplicar o conteúdo no dia a dia do escritório. A pesquisa que trouxemos acima traz pontos positivos para apostar em uma pós-graduação em Direito Digital.

3. Quais são as tendências para essa especialização do Direito?

Há oportunidades para profissionais especializados na área que você pensa em investir? Verifique se o mercado já não está saturado de especialistas em determinados ramos do Direito. Outro ponto para prestar atenção são as tendências específicas desta especialidade. Saber o que está em alta auxilia a direcionar seus esforços de estudo.

Como em toda especialização, é necessário refletir sobre outros fatores antes de fazer a matrícula. Faça a escolha certa para sua carreira com o nosso Guia Definitivo da Pós-Graduação Online.

Daqui em diante, vamos tratar especificamente da pós-graduação em Direito Digital, para você ter mais subsídios para decidir qual especialização escolher.

O que é Direito Digital?

Se você está considerando fazer uma pós-graduação em Direito Digital, é importante conhecer o conceito desta especialidade.

Direito Digital é uma releitura do Direito motivada pelo impacto da internet na sociedade. É a evolução do Direito em si, ao incorporar novos institutos e elementos para o pensamento jurídico e em todas suas especialidades.

Essa é a definição da advogada Patrícia Peck Pinheiro, referência nacional em Direito Digital e professora da Pós PUCPR Digital. Em seu livro “Direito Digital”, Pinheiro esclarece que não está falando de um novo ramo do Direito e, sim, de uma transformação do meio jurídico às mudanças sociais.

Em outras palavras, o Direito Digital não é uma área finalística do Direito. É uma especialidade que reúne competências que tem como objetivo unir, por exemplo, o Direito Civil, Direito Penal, Direito Empresarial e Direito Tributário às novas tecnologias.

Não existe um tribunal específico no Brasil que julgue delitos no ambiente virtual. No entanto, a Polícia Civil já tem núcleos dedicados ao combate de cibercrimes espalhados pelo país.

O Direito Digital está presente em todo o meio jurídico, a partir de duas abordagens:

  • Legislativa: criação de regulamentação e leis que estabeleçam boas práticas e condutas online, além de definir novos tipos penais para punir crimes cometidos no ambiente virtual.
  • Interpretativa: como aplicar as leis que já existem em situações ocorridas no ambiente virtual.

Um exemplo da abordagem legislativa do Direito Digital é a criação e aplicação da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), que você conhece mais detalhes neste artigo.

O que faz um advogado especialista em Direito Digital

Um advogado especialista em Direito Digital pode atuar na área consultiva ou contenciosa, geralmente recorrendo a outros ramos do Direito. Por isso, o profissional deve também conhecer as normas do Código Civil, Código Penal e Código Tributário, por exemplo.

Quem trabalha com Direito Digital irá lidar no dia a dia com casos relacionados a:

  1. Crimes digitais ou crimes cibernéticos;
  2. Proteção de dados pessoais;
  3. Compliance;
  4. Criptomoedas;
  5. Propriedade intelectual;
  6. Contratos eletrônicos;
  7. Métodos online de resolução de disputas.

Para se destacar na área, um advogado especialista em Direito Digital deve desenvolver as seguintes habilidades:

  1. Capacidade de trabalhar em equipe, com profissionais de diferentes áreas;
  2. Conhecimento de tecnologias;
  3. Afinidade com pesquisa;
  4. Interesse por inovação;
  5. Flexibilidade;
  6. Conhecimento da legislação;
  7. Capacidade de resolução de problemas;
  8. Abertura para novidades;
  9. Gestão do conhecimento.

Quanto ganha um advogado de Direito Digital

Segundo o Salario.com.br, um advogado com pós-graduação em Direito Digital ganha, em média, R$ 4.488,54 em uma jornada de trabalho de 41 horas semanais. O teto salarial é de R$ 10.901,47.

Para chegar a esta conclusão, o site levantou dados oficiais do Novo CAGED, eSocial e Empregador Web entre Julho de 2020 a Junho de 2021.

4 benefícios de fazer uma pós-graduação em Direito Digital para sua carreira

Como toda especialização, uma pós-graduação em Direito Digital tornará você um profissional melhor, além de deixar o seu currículo mais atraente em processos seletivos. Conheça alguns dos benefícios de investir na área:

Melhores colocações em concursos públicos

O título de especialista garante mais pontos na análise de currículo em concursos públicos. A especialização também conta como tempo de atividade jurídica, o que é exigido na maioria dos concursos. Para quem já é servidor público, os cursos influenciam a composição da remuneração, ou seja, um aumento salarial.

Aumento da remuneração pelos serviços prestados

Uma prática comum nos escritórios de advocacia é a promoção de advogados com alguma especialização para cargos sênior ou master. Isso também acontece em empresas de outros segmentos que contam com um departamento jurídico.

Se você atua como advogado autônomo, poderá usar a pós-graduação em Direito Digital como argumento para barganhar honorários mais altos, além de ter a possibilidade de trabalhar em litígios e procedimentos que exigem um conhecimento mais aprofundado.

Networking

Esse benefício não é exclusivo da pós-graduação em Direito Digital, mas é importante reforçá-lo. É neste ambiente que você conhecerá pessoas novas, trocará experiências e encontrará oportunidades de parcerias. Novos negócios podem surgir entre alunos e professores.

Estar atualizado para atender novas demandas da sociedade

O digital já faz parte das nossas vidas. Ele alterou a forma como nos relacionamos, consumimos, trabalhamos, nos deslocamos... Toda essa transformação gerou novas demandas do meio jurídico, que precisou se adaptar para atendê-las.

Uma pós-graduação em Direito Digital deixará você preparado para lidar com as questões urgentes da sociedade contemporânea, como segurança da informação, crimes cibernéticos, crimes contra a honra, direitos autorais, golpes online e muito mais.

Conheça os maiores ataques cibernéticos de 2021.

Quem pode fazer pós em Direito Digital?

Apesar de termos falado bastante sobre advocacia, a pós-graduação em Direito Digital não é exclusiva para advogados. Gestores de departamentos jurídicos e profissionais de tecnologia, como cientistas de dados e especialistas em cybersecurity, só têm a ganhar com a especialidade.

Depois de ler tudo isso, ficou interessado em aproveitar as oportunidades que a união entre Direito e novas tecnologias oferece para sua carreira? A Pós PUCPR Digital desenvolveu dois cursos que irão ajudá-lo a se tornar um profissional disputado no mercado, olha só:

As aulas são 100% online e em primeira pessoa, com uma metodologia de ensino exclusiva e professores referência em suas áreas de atuação. Você aprenderá com nomes como Yuval Noah Harari, Clóvis de Barros Filho, Patrícia Peck Pinheiro e Ann Cavoukian. Faça sua matrícula e garanta sua vaga.

Faça sua matrícula agora mesmo

sobre o autor

Olívia Baldissera

Jornalista, historiadora e analista de conteúdo da Pós PUCPR Digital.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Próximo conteúdo

O que é mindfulness e por que você deveria praticar ainda hoje

Não perca as oportunidades da área mais promissora do meio jurídico! Conheça os benefícios de uma pós-graduação em Direito Digital para sua carreira

Tempo de leitura

5 min