18/08/2021 14:13:45

Cansado das notificações? 6 passos para incluir o detox digital na sua vida

Fazer regularmente um detox digital é bom para sua produtividade (e saúde mental). Saiba como se desconectar em 6 passos práticos.

🟣 Quer saber como a neurociência impacta a sua carreira? Aprenda com quem é referência internacional no assunto no curso Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness da Pós PUCPR Digital.

Quero fazer a pós em Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness

Você já parou para pensar quanto tempo passa olhando a tela do seu celular?

Segundo o relatório "The State of Mobile 2021", do App Annie, os brasileiros passam 4,8 horas por dia, em média, usando os smartphones. O Brasil só fica atrás da Indonésia, que tem uma média de 5,2 horas por dia.

Colocando em números, é impressionante o tempo que passamos conectados, não é mesmo? E já sentimos os efeitos de tantas horas dedicadas ao smartphone: dificuldade de concentração, estresse e dificuldade para dormir. Tudo isso mexe com nossa performance no trabalho e prejudica nosso bem-estar, como explicado neste artigo do blog sobre hiperconectividade.

Por isso muitas pessoas têm procurado praticar o detox digital regularmente. A prática ajuda a retomar a produtividade com qualidade, sem comprometer o equilíbrio entre a vida pessoal e a profissional. Vamos conhecer um pouco mais sobre ela?

O que significa detox digital

Detox digital significa uma desconexão periódica de redes sociais ou de mídias online, com o objetivo de reduzir os efeitos negativos da hiperconectividade e, assim, aumentar a sensação de bem-estar. Uma das consequências desta prática é o uso mais consciente da tecnologia.

Existem alguns sinais de alerta para saber se você precisa fazer um detox digital ou não. Confira no que você precisa prestar atenção nos seus hábitos diários:

  • Interrompe atividades de trabalho ou de estudo para checar as notificações do celular;
  • Atrasa seu horário de dormir por se distrair nas redes sociais;
  • Tem medo de perder alguma informação importante se não consultar as redes sociais com frequência, fenômeno chamado de FOMO (“Fear Of Missing Out”);
  • Faz todas as refeições com o smartphone sobre a mesa, rolando o feed das redes sociais;
  • Sente uma sensação de urgência para responder mensagens no WhatsApp;
  • Sente-se deprimido, ansioso ou irritado com as publicações que vê nas redes sociais.

Benefícios do detox digital

Os prejuízos causados pela hiperconectividade são explicados pela neurociência. A necessidade de checar frequentemente o smartphone, por exemplo, está ligada às doses de dopamina que o seu cérebro libera toda vez que surge uma notificação. A sensação de prazer é ainda maior para alertas de likes e comentários em postagens que nós fazemos.

O cérebro percebe o excesso de dopamina e, para reduzir seus efeitos, cria uma trava para diminuir a produção do neurotransmissor. Ou seja, para sentirmos prazer, será necessário um número maior de estímulos.

Outro neurotransmissor ligado ao uso excessivo do smartphone é o cortisol, o que induz o estresse. Nossos cérebros ficam alertas pela expectativa de que algo agradável está para acontecer, afinal, eles estão acostumados a uma inundação de dopamina. Assim, ficamos esperando ansiosos pelas notificações. Além da ansiedade, o estado de alerta faz com que fiquemos mais desatentos.

Pelo efeito da dopamina e do cortisol em nossos corpos, dá para entender também os benefícios que o detox digital traz. Os mais evidentes são:

  • Melhora na qualidade do sono;
  • Melhora na concentração;
  • Maior produtividade;
  • Melhora nos relacionamentos;
  • Melhora na autoestima;
  • Menores índices de ansiedade.

6 passos práticos para fazer um detox digital agora mesmo

Quer dizer que preciso me desconectar de tudo para fazer um detox digital? Não exatamente.

Fazer um detox digital envolve reduzir o tempo diante das telas e voltar sua atenção para si. Por isso, muitos incluem a prática em processos de autoconhecimento. Afinal, você deixará o celular de lado e se concentrará em seus pensamentos e emoções.

Pode ser difícil no começo, mas com estes 6 passos práticos você pode começar a fazer seu detox digital hoje mesmo:

  1. Configure seu celular para receber notificações apenas de pessoas – e, se possível, tire o som dos alertas. Desative as notificações de aplicativos de corrida, de delivery e similares;
  2. Não mexa no smartphone uma hora antes de dormir. Se possível, deixe-o em outro cômodo da casa e substitua-o por um despertador analógico;
  3. Não olhe o smartphone assim que acordar nem durante as refeições;
  4. Determine um limite diário para checar o celular. Você pode combinar consigo mesmo de acessar as redes sociais e portais de notícias apenas 3 vezes por dia, pela manhã, à tarde e à noite, durante 30 minutos no máximo;
  5. Guarde o seu celular quando estiver na companhia de outras pessoas;
  6. Escolha um dia da semana para não acessar as redes sociais nem grupos do WhatsApp;

Preparado para começar o seu detox digital? Você sentirá os efeitos na sua vida pessoal e profissional e verá sua produtividade aumentar.

Se quiser se aprofundar em uma jornada de autoconhecimento para se tornar um profissional ainda melhor, o curso Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness da Pós PUCPR Digital é para você.

A especialização é indicada para quem deseja desenvolver sua inteligência emocional, habilidade essencial para os profissionais do futuro.

Cada uma das áreas abordadas no curso contribui para o aperfeiçoamento do controle emocional. Nesse artigo, por exemplo, explicamos como uma pós-graduação em mindfulness impulsiona a carreira de profissionais das mais diferentes áreas de atuação.

sobre o autor

Olívia Baldissera

Jornalista, historiadora e analista de conteúdo da Pós PUCPR Digital.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Próximo conteúdo

Mindfulness para profissionais da saúde: conheça os benefícios!

Fazer regularmente um detox digital é bom para sua produtividade (e saúde mental). Saiba como se desconectar em 6 passos práticos.

Tempo de leitura

3 min