11/03/2021 11:00:00

Carreira de sucesso em TI: como se destacar na arquitetura de software

O mercado de arquitetura de software, assim como outras áreas da TI, exige alguns diferenciais dos profissionais que desejam se destacar.

Existe uma estrutura organizacional complexa por trás dos softwares e aplicativos disponíveis no mercado. Desenvolvida pela arquitetura de software, esta estrutura é responsável pelo funcionamento e pela estratégia do produto final, o que torna a área uma das mais atrativas na carreira em TI.

Mas, como se diferenciar e ser um profissional de destaque no setor? Neste artigo comentamos os principais fatores avaliados pelas empresas e indicamos estratégias para o alcance de uma carreira de sucesso. Continue a leitura!

O que é arquitetura de software?

A arquitetura de software é a área da tecnologia da informação que elabora toda a estratégia operacional para a criação de novas ferramentas. Com ela são tomadas as decisões sobre o sistema a ser utilizado, protocolos, gestão dos dados, escalabilidade, performance e outros direcionamentos importantes.

O arquiteto de software é o profissional que vai garantir o alinhamento entre as ações e o planejamento do projeto. Ele exerce uma função estratégica, pois busca entender como o desenvolvimento do novo sistema vai otimizar a performance e os resultados.

Quais as possibilidades para atuar na área e ter uma carreira em TI?

Um profissional em arquitetura de software é responsável por decidir diversos componentes do projeto, como design, elementos técnicos e programação. Geralmente são os intermediários entre os gestores e os desenvolvedores da empresa.

Quase todo tipo de negócio pode requisitar um arquiteto de software. Podemos citar como exemplos empresas de software, indústria automobilística, órgãos públicos ou empresas do setor de telecomunicações.

É comum, também, que alguns profissionais atuem na área como consultores, em projetos pontuais. Trata-se de um caminho que pode oferecer experiências interessantes e se tornar um negócio promissor.

Quais os fatores de diferenciação no mercado?

Para ser um profissional apto às melhores oportunidades e referência no mercado, é importante ter alguns diferenciais competitivos. Como exemplo, podemos citar:

Invista em cursos de especialização

A área de TI como um todo é muito técnica e dinâmica, o que faz com que a busca por especializações e certificações seja constante. Avalie o seu perfil ou afinidades, e direcione os seus estudos em busca de novos degraus na carreira.

Estude inglês

Muitas pessoas ainda não se atentaram ao fato de que o inglês é a língua base do conhecimento tecnológico atual.

É possível encontrar materiais em português, porém um conhecimento raso da língua inglesa vai limitar o acesso a livros e outros conteúdos dos grandes autores internacionais. Ninguém quer ser o último a saber das novidades, não é mesmo?

Trabalhe o seu posicionamento digital

Ao expressar alguma opinião nas redes sociais, você de certa forma estabelece uma marca. Ao agir e se posicionar corretamente, o público que te acompanha (dentre eles possíveis recrutadores ou clientes) vai compreender claramente o seu perfil e o que tem a oferecer. É a projeção da sua imagem online, tenha o cuidado em zelar por ela.

Organize o seu portfólio

Quando uma proposta de trabalho surgir, como provar a sua experiência profissional de forma concreta se não com um bom portfólio? Selecione os principais projetos que trabalhou e organize-os de forma atraente. Assim, terá um elemento de destaque em relação aos concorrentes e que agrega valor ao seu trabalho.

Para evoluir na carreira em TI, além dessas dicas, outros fatores também devem ser considerados. Porém, todos partem do mesmo começo: conhecimento. Pesquise, converse com profissionais, faça cursos e crie um bom networking. Conhecer bem o mercado é o que vai ajudar a identificar e nortear a sua escolha para a área com mais afinidade.

O que achou do artigo? Se ficou alguma dúvida sobre a carreira em TI, compartilhe-a conosco nos comentários!

sobre o autor

Olívia Baldissera

Analista de conteúdo da Pós PUCPR Digital. Jornalista e historiadora apaixonada pelo estudo.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Próximo conteúdo

Quais são os tipos de arquitetura de software e como escolher o melhor para seu projeto

O mercado de arquitetura de software, assim como outras áreas da TI, exige alguns diferenciais dos profissionais que desejam se destacar.

Tempo de leitura

2 min