17/06/2021 08:30:00

O que é DevOps, conjunto de práticas que todo profissional de TI precisa saber

Agilidade, inovação e segurança. Estes são alguns benefícios do DevOps, práticas que você precisa conhecer para se destacar no mercado de tecnologia

Quem trabalha com tecnologia já tem no seu vocabulário o termo DevOps, que une as palavras “desenvolvimento” e “operações”. Hoje ele é uma verdadeira cultura organizacional, presente em negócios de diferentes segmentos da economia.

Quando conhecemos os benefícios, fica fácil entender o porquê. A adoção do DevOps acelera o lançamento de novos códigos e ainda os otimiza, aumenta a segurança dos dados dentro e fora da empresa e favorece a integração entre equipes. Estas são algumas das conclusões do relatório Mapping the DevSecOps Landscape de 2020, realizado pela GitLab. Foram entrevistados mais de 3,6 mil profissionais de TI de 21 países diferentes.

Se você é profissional de TI e sente que precisa se aprofundar mais no conceito de DevOps, leia este artigo até o final. Aqui você entenderá o que é DevOps, quais são as boas práticas e como elas facilitam a vida de quem trabalha com tecnologia.

O que é DevOps

DevOps é um conjunto de práticas de integração entre equipes de desenvolvimento de software, operações e segurança, que tem como objetivo gerar valor ao cliente. A principal prática é a adoção de processos automatizados para produção rápida e segura de aplicativos e serviços.

No dia a dia dos profissionais de TI, o modelo faz com que funções serão realizadas de forma conjunta para oferecer produtos de maior qualidade. O engenheiro de software, por exemplo, trabalha durante todo o ciclo de vida do aplicativo, da fase de desenvolvimento à implementação. Ele dialoga com frequência com o time de operações, para entender o que pode ser aprimorado no serviço.

Por isso o DevOps depende em grande parte do componente humano da colaboratividade, que as equipes trabalhem em harmonia e de maneira integrada. Ele inspira os três pilares da cultura DevOps:

  1. Integração contínua entre as áreas de desenvolvimento, operações e apoio;
  2. Implantação contínua e ágil de atualizações do software ou serviço;
  3. Feedback contínuo entre as equipes envolvidas em todo o ciclo de vida do software ou serviço.

A cultura DevOps

A automação e otimização de processos são o principal benefício do DevOps nas empresas. Mas para alcançá-los é preciso transformar a cultura organizacional, ou seja, mudar a forma como as pessoas trabalham.

Para adotar a cultura DevOps, gestores precisam ter estes princípios em mente:

  • Colaboração, visibilidade e alinhamento: as equipes DevOps devem compartilhar processos, prioridades e preocupações. Ou seja, os profissionais de TI da empresa precisam ter metas alinhadas e ter uma visão macro das medidas que garantem o sucesso de um negócio.
  • Escopo e responsabilidade: os profissionais de TI de diferentes equipes se envolvem em todas as fases do ciclo de vida do aplicativo.
  • Ciclos de lançamento mais curtos: equipes DevOps são ágeis e por isso conseguem encurtar o intervalo entre o lançamento de novas versões de um software. Dessa forma, é possível atender as demandas do cliente de forma mais eficaz e ainda se tornar mais competitivo frente à concorrência.
  • Aprendizado contínuo: errar rápido para melhorar rápido. Esta é a mentalidade de profissionais de TI de alto desempenho que seguem a cultura DevOps. O mindset leva a um aumento na satisfação do cliente, aceleração da inovação e adaptação ao mercado.

O ciclo de vida do aplicativo na cultura DevOps

A cultura DevOps está presente em todas as fases do ciclo de vida do aplicativo, que pode ser um software ou serviço. As fases não podem ser dissociadas uma das outras para se alcançar um bom resultado.

As fases do ciclo de vida de um aplicativo são influenciadas pelo DevOps da seguinte forma:

  1. Planejamento: o time DevOps idealiza, define e descreve os recursos e funcionalidades do aplicativo que será desenvolvido. Para dar agilidade e conseguir uma visão ampla do projeto, são usadas metodologias como Agile, Scrum ou quadros Kanban. A escolha do método depende dos objetivos da equipe, que também precisa definir qual será o padrão arquitetural usado no software. Saiba mais sobre os tipos de arquitetura de software neste artigo.
  2. Desenvolvimento: envolve todos os aspectos da codificação, como escrita, testes, revisão, integração e compilação. A automatização de parte do processo é o segredo do DevOps oferecer agilidade sem perder a qualidade.
  3. Entrega: implantação e configuração da infraestrutura do aplicativo no ambiente de produção. Equipes que utilizam o DevOps definem o gerenciamento de versão a partir de estágios de aprovação manual, além de estabelecer portões automatizados que movem o aplicativo entre os estágios. Isso garante a qualidade da versão do produto que chega ao cliente final.
  4. Operação: manutenção, monitoramento e solução de problemas de aplicativos em ambientes de produção. As boas práticas de DevOps permitem que os profissionais de TI identifiquem e corrijam erros antes que eles prejudiquem a experiência do usuário.

Boas práticas de DevOps

O sucesso do modelo DevOps depende da adoção de boas práticas por parte da equipe de tecnologia. São eças que ajudam a acelerar, automatizar e otimizar cada uma das fases do ciclo de vida do aplicativo. Conheça as principais delas:

Integração contínua e entrega contínua (CI/CD)

No modelo DevOps, as duas práticas são combinadas para que a equipe se concentre na criação do código, por eliminar a preocupação com possíveis erros humanos.

Isso é possível graças à automação. Na integração contínua, fase do desenvolvimento do software em que há alterações frequentes no código, os testes são automatizados para serem executados toda vez em que é feita alguma mudança.

Na entrega contínua, a implantação de novas versões de aplicativos é automatizada, o que permite atualizações mais frequentes.

Controle de versão

A prática de DevOps permite que todos os integrantes da equipe acompanhem as revisões e o histórico de alterações do código. As versões facilitam o trabalho em conjunto, a divisão de tarefas de codificação e o armazenamento do código completo para recuperação, quando necessário.

Método Agile

O Agile é uma abordagem de desenvolvimento de software que, como o nome já diz, dinamiza os processos e encurta os ciclos de lançamento de versão. A prática é essencial à cultura DevOps, pois promove a colaboração entre a equipe, a adaptação às mudanças e o aprimoramento contínuo.

Monitoramento contínuo

A equipe DevOps deve ter visibilidade total e em tempo real do desempenho do aplicativo, da infraestrutura aos componentes de software de nível superior. O monitoramento é feito a partir da coleta de telemetria e metadados, além da definição de alertas acionáveis e significativos ao operador.

Gestores de tecnologia só têm a ganhar com o DevOps

Depois de aprender um pouco mais sobre este modelo, deu para perceber os benefícios do DevOps em times de tecnologia, não é mesmo?

Em resumo, os benefícios do DevOps para um negócio são:

  • Aceleração do tempo até a comercialização;
  • Adaptação ao mercado;
  • Segurança e estabilidade do sistema;
  • Escalabilidade na operação e gerenciamento de processos de infraestrutura e desenvolvimento;
  • Otimização de produtos e processos com mais agilidade;
  • Melhor performance da equipe;
  • Maior satisfação do cliente.

Por isso o modelo DevOps é admirado principalmente por profissionais de TI que ocupam cargos de gestão, como engenheiros e arquitetos de software. As práticas permitem um trabalho mais harmonioso entre os times, que trabalham em conjunto para conquistar um objetivo em comum.

🟣 Gostou deste artigo sobre DevOps? Você pode receber diretamente no seu Telegram mais artigos interessantes sobre negócios e tecnologia – e de graça.

Quero entrar no grupo Negócios&Tech

sobre o autor

Olívia Baldissera

Analista de conteúdo da Pós PUCPR Digital. Jornalista e historiadora apaixonada pelo estudo.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Próximo conteúdo

Futuro do trabalho: as profissões que deixarão de existir (e as que irão surgir)

Agilidade, inovação e segurança. Estes são alguns benefícios do DevOps, práticas que você precisa conhecer para se destacar no mercado de tecnologia

Tempo de leitura

4 min