Skip to content

Negócios e Gestão

Management 3.0: conceito, princípios e aplicação

Por Mariana Moraes   | 

Você já imaginou alcançar uma gestão mais ágil, horizontal e colaborativa? Então, você precisa conhecer o Management 3.0, um modelo de gestão que pode ajudá-lo a conquistar uma melhor performance de liderança e aumentar a produtividade do seu time.

O princípio do Management 3.0 é que as decisões nas empresas não sejam tomadas apenas pelos gestores e, sim, pelos diversos membros de um time.

Dessa forma, todos se responsabilizam pelos resultados, o que valoriza a autonomia de cada um e fortalece o sentimento de colaboração.

O resultado é uma equipe mais engajada, com aprendizado contínuo e alta capacidade de adaptação.

Parece perfeito, não é mesmo? Mas, como isso funciona na prática?

Neste artigo, falaremos mais sobre Management 3.0 e as características desse estilo de gestão. Fique conosco e descubra como sua empresa ou time pode se beneficiar desse modelo!

Aqui você vai conferir:

  1. O que é Management 3.0
  2. Jurgen Appelo, o inventor do Management 3.0
  3. Os 6 princípios do Management 3.0
  4. Empresas que já adotaram o Management 3.0
  5. Aprenda sobre Management 3.0 com quem criou o modelo

Alavanque sua carreira com os cursos da Pós PUCPR Digital!

O que é Management 3.0

Management 3.0, também conhecido como Gestão 3.0, é um modelo inovador de liderança que coloca o gerenciamento como uma responsabilidade de todo o time.

Nele, abre-se espaço para que cada funcionário desenvolva seu potencial de liderança, distribuindo as tarefas de gestão entre todos

Mas isso quer dizer que o gerente, coordenador ou líder abandona seu posto e atividades nesse modelo? Não mesmo.

A ideia é que a liderança tenha o apoio da equipe de forma ativa, ganhando tempo para se dedicar ao planejamento, direcionamento e orientação do time.

Ou seja, apesar de ter um papel importante no desenvolvimento e performance de cada um, o gerente não é o fator decisivo para que o trabalho tenha sucesso, isso depende de cada colaborador.

Assim, o papel do gestor é definir e apresentar as metas que precisam ser atingidas, estabelecendo tarefas e prazos. Cada colaborador, contudo, é o encarregado pelo cumprimento das entregas.

O papel do líder consiste em acompanhar o desenvolvimento dos processos por uma perspectiva macro e focar na tomada de decisão.

Esse modelo de gestão permite que os colaboradores tornem-se mais proativos, autônomos e colaborativos, o que traz resultados positivos tanto para o seu desenvolvimento profissional quanto para o crescimento da empresa.

Mas, de onde surgiu esse estilo de liderança?

Jurgen Appelo, o inventor do Management 3.0

Jurgen Appelo, criador do Management 3.0.Jurgen Appelo, criador do Management 3.0.

O conceito de Management 3.0 foi criado por Jurgen Appelo com a publicação do livro "Management 3.0: Leading Agile Developers, Developing Agile Leaders", em 2010.

O livro foi escrito com o objetivo de reunir a experiência que o autor desenvolveu em sua carreira como gestor.

Ao longo da sua trajetória profissional, Jurgen notou que para otimizar a gestão de projetos era necessário solucionar o mesmo tipo de questões. Ou seja, os erros de liderança eram praticamente os mesmos, nas mais diversas empresas em que atuou.

Assim, ele observou a necessidade de valorizar mais as equipes e garantir um modelo mais colaborativo e que permitisse entregas rápidas.

“A gestão é importante demais para ser deixada apenas para os gerentes”, explicou Jurgen Appelo, em artigo do Medium.

Assim, o autor propôs um modelo de gestão focado em engajar os colaboradores. Segundo ele, dessa forma, é possível alavancar o crescimento do negócio com todo mundo e diminuir também a rotatividade de pessoal.

Afinal, o Management 3.0 traz uma gestão mais humanizada para a empresa, em que as pessoas devem ser o ativo mais importante da organização.

A seguir, confira um vídeo com o próprio Jurgen Appelo explicando mais sobre o conceito:

Os 6 princípios do Management 3.0

Em sua teoria, Jurgen Appelo descreve as empresas como redes e sugere aplicar 6 princípios para o sucesso na gestão de equipes.

Para explicar esses 6 elementos, ele utiliza ilustração abaixo:

Ilustração dos 6 princípios do Management 3.0.

A seguir, trazemos mais detalhes sobre cada um desses princípios:

1. Energizar pessoas

Segundo Jurgen Appelo, para que qualquer estratégia tenha sucesso, é importante primeiramente engajar (ou energizar) as pessoas. Isso é essencial para mantê-las sempre criativas e motivadas a fazerem o seu melhor.

2. Empoderar times

Além de engajá-las, outro conceito muito trabalhado por Jurgen é o de empoderamento. Segundo o autor, os times devem se sentir valorizados e precisam de confiança da gestão para alcançar sua melhor performance.

3. Alinhar restrições

Ao mesmo tempo em que os times devem ser incentivados a se autogerenciar, é importante também que existam regras e limitações. Assim, os colaboradores entendem até onde ir e se garante que uma maior liberdade não se torne tóxica para a empresa.

4. Desenvolver competências

Para que seu time possa se autogerenciar, é necessário capacitar os colaboradores e também criar times multidisciplinares. Isso é fundamental para que todos consigam fazer sua parte e dar andamento a um projeto.

5. Aumentar as estruturas

Com maior comunicação e colaboração entre os times, é essencial que também exista um crescimento consciente do negócio, com foco na qualidade e no desenvolvimento das pessoas.

6. Melhorar tudo

Por fim, esse modelo de gestão propõe trabalhar pensando em melhorias constantes, e os erros devem ser enxergados como oportunidades de crescimento e desenvolvimento. Com isso, é possível alavancar o negócio de forma sustentável e previsível.

>>> Os 6 D’s de uma organização exponencial. Quantos você conhece?

Empresas que já adotaram o Management 3.0

Agora que você já sabe o que é Management 3.0 e as características desse modelo, que tal conhecer algumas empresas que trabalham com ele? Confira abaixo:

Google

Dentre os exemplos mais famosos que incorporaram o Management 3.0, um dos principais é o Google.

A gigante da tecnologia disponibiliza 20% do horário de trabalho para que seus colaboradores desenvolvam projetos que achem pertinentes para melhorar seus setores ou para a empresa como um todo.

Pixar

Na Pixar, famoso estúdio de animação norte-americano, os princípios do Management 3.0 também fazem parte da rotina.

Você sabia que sempre após um novo filme ser lançado se faz uma apresentação sobre o que deu certo e o que deu errado no projeto?

Assim, a empresa encontra formas de melhorar suas produções, dando oportunidade para que todos os envolvidos participem desse balanço.

Taller

Não podíamos deixar de trazer um exemplo brasileiro, não é mesmo?

A consultoria brasileira Taller também aplica os conceitos do Management 3.0.

A empresa busca sempre colocar as pessoas em primeiro lugar e empoderar os times com liberdade e confiança, princípios básicos na Gestão 3.0.

>>> Por que um curso de gestão de projetos tornará você um profissional disputado no mercado

Aprenda sobre Management 3.0 com quem criou o modelo

Gostou de conhecer mais sobre Management 3.0? Já pensou em aprender mais sobre esse assunto com o seu criador? Aqui na Pós PUCPR Digital isso é possível!

Jurgen Appelo, criador do conceito de Management 3.0, é um dos professores convidados da pós-graduação em Gestão de Projetos, Jornada do Cliente e Metodologias Ágeis.

Nessa formação, você acompanhará as tendências do mercado 4.0 e aprenderá as técnicas mais recentes de gestão de projetos, gerando ainda mais valor para clientes internos e externos.

Tudo isso com professores de referência, como Jurgen Appelo, James Hunter, Jeff Sutherland, Eric Ries, Jake Knapp e muitos outros.

Confira o programa completo do curso:

  • Ética: Inteligência Moral na Era Digital
  • Admirável Futuro Novo
  • Novos Tempos, Novas Lideranças
  • Governança Ágil de Projetos, Programas e Portfólios
  • Lean Startup
  • Gestão Contemporânea de Projetos
  • Planejamento e Controle de Projetos
  • Scrum, Kanban e Scrumban
  • Análise de Viabilidade Em Ambientes Preditivos e Adaptativos
  • Jornada do Cliente
  • Project Management Office
  • Design Sprint
  • Liderança Ágil
  • Plataformas e Ferramentas Colaborativas Para Gerenciamento de Projetos
  • Ciência de Dados Aplicada Ao Gerenciamento de Projetos

E aí, ficou interessado? Lembramos que nossos cursos são 100% online, com 360 horas de conteúdo — sendo 300 horas de aulas e 60 horas para o projeto final.

Não perca tempo e comece hoje mesmo a investir no seu desenvolvimento profissional.

Inscreva-se na pós-graduação em Gestão de Projetos da Pós PUCPR Digital

Sobre o autor

Mariana Moraes

Mariana Moraes

Jornalista formada pela UFRGS e redatora da Pós PUCPR Digital.

Assine nossa newsletter e fique por dentro do nosso conteúdo.

x